Fotografia Intercâmbio Viagem

Diário de Viagem: Roma

12

Piazza Venezia

Heloou !

   Hoje vim aqui em mais um diário de viagem pra falar sobre essa cidade maravilhosa chamada Roma. Já tive a oportunidade de visitar algumas cidades na vida, mas Roma teve um curioso efeito em mim. Devo admitir que de todos os meus ‘must go’ places a Itália não estava no topo da lista e talvez por isso possa dizer que esse país e essa cidade foi sim uma grata surpresa. No começo de março deste ano tive a oportunidade de passar 5 dias em solo italiano, na companhia de amigos queridos e nesse post vou contar um pouquinho pra vocês a minha percepção sobre essa vibrante cidade e claro como sempre, mostrar um pouquinho das fotos que pude tirar la.

   A primeira coisa: Temperatura. Depois de meses com temperaturas na media dos 5 ºC, já estava super animada com a ideia de Roma antes mesmo de chegar lá, porque a previsão era de termos incríveis 18 ºC. Um sinal claro que de a primavera estava sim, batendo na porta, e isso foi de fato muito bom. Porém, esse tipo de temperatura é meio traiçoeira porque você passa um pouquinho de calor quando esta no sol, mas quando esta na sombra sente um friozinho, então você meio que passa o dia numa dança de põem e tira casaco, calor e frio, calor e frio. Outra coisa com esse tipo de temperatura é que quando começava a anoitecer ficava bem mais frio, cerca de 8/9 ºC então você sempre tem que voltar no hostel antes de dar uma voltinha noturna, pra se agasalhar melhor.

( A primeira foto acima é da Piazza Venezia, bem em frente ao foro romano, que não sei bem explicar porque ela me encantou tanto, talvez me atreva dizer que foi o meu prédio preferido – sorry vaticano – )

 

vrum vrum - Lets explore a la roman style.

vrum vrum – Lets explore a la roman style.

01

A segunda coisa: Cidade em layers. Quando você para em uma rua romana tem tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, milhares de turistas (nunca tinha visto um aglomerado tão grande de turistas em todas as cidades que já visitei) indo e vindo, locais indo e vindo por todo o lado, vendedores de pau de selfie em TODOS os lugares pra la e pra cá, carros, motos, ônibus, construções interessantíssimas datando dos mais diversos períodos da história lado a lado, calçadas, falta de calçadas, ruas em ladrilhos, ruas asfaltadas, jardins, praças, pombos e fontes, fontes e mais fontes. E realmente tanta coisa pra observar que tem horas que parece que a cabeça vai dar um pane. Devo dizer que pra mim Roma é uma bagunça organizada, uma sujeira e uma limpeza, mas que de alguma forma, tudo parece funcionar bem.

IMG_2474

Dias de sol e ceu azul

IMG_2464

IMG_2529

A terceira coisa: A comida. Quando morava no Brasil eu não tinha consciência de como eu era apaixonada pela comida italiana. Quando mudei pra Dublin, acho que fiquei um pouco mais atenta a esta fato quando percebi que a maioria das coisas que cozinho são, vamos dizer, baseadas na cozinha italiana. Quando cheguei em Roma, essa paixão se tornou evidente. Qualquer lugar em que você vá em Roma geralmente tem uma comida muito boa, e o melhor, não é cara, como costuma ser em outros lugar. Pizza por exemplo, por 2 euros você já consegue comer uma, e não se engane, não é apenas um pedaço, é uma pizza inteira. Gelato, lasanha, macarrão, a lista pode ir longe. Porém, se alguém estiver planejando uma viagem pra Roma, um amigo nos indicou uma região da cidade chamada Trastevere, lá existem muitos restaurantes e vários deles são bem baratos, é um ótimo lugar pra comer a noite por exemplo, porque além dos restaurantes é uma área bem movimentada, então dá pra observar um pouco da vivacidade romana durante a noite.

IMG_2498

fontana – maravilhosa – de trevi

IMG_2510

 

IMG_2468

10

03

Um gelato, totalmente patrocinado pela Samsung. hahaha

11

A quarta coisa: A arquitetura. Bom, como uma boa estudante de arquitetura, não poderia deixar de me encantar pelos prédios e também pela falta deles. A forma como a cidade é organizada no geral, em um momento você está em uma rua estreita e de repente se abre pra uma praça (com uma fonte no meio, porque, neah?! não poderia ser diferente) e tudo parece ter sido projetado em uma escala, que te deixe confortável pra permanecer e não apenas passar. Edifícios cheios de detalhes e alguns são tão velhos que não dá pra acreditar que ainda estejam ali. (como em um deles onde vi uma porta – ainda em funcionamento –  que data 700 a.C.). Bom, na verdade não tenho muitas palavras pra descrever a riqueza da arquitetura italiana, então, vou deixar as fotos falarem por mim.

13

IMG_2587

IMG_2951

IMG_2867

IMG_2880

IMG_2931

Vatican city , lunch time / Cidade do Vaticano, hora do almoço

IMG_2925

team Rome

team Rome / time Roma

IMG_2936

Holy Pigeon / Pombo sagrado

08

Piazza San Pietro em duas palavras: valeu Bernini !

06

07

uma igreja incrível e realmente gigantesca. ( Pra se ter uma noção de escala: essas letras aí tem mais ou menos 2m de altura – fonte: Gilmar turismo )

IMG_3087

Não tenho palavras pra descrever a beleza dessa cúpula. Já tinha feito estudos sobre ela na faculdade mas, ver em ao vivo é outra coisa, e como ela realmente se destaca na paisagem romana, foi incrível.

IMG_3243

Museus

IMG_2734

IMG_3110

IMG_3096

Arena do Coliseu, por esses corredores andavam os gladiadores

04

IMG_3261

IMG_3208

IMG_3280

IMG_3274

IMG_2572

Pantheon

05

IMG_3091

 

Nossa, acho que foram muitas fotos, sorry, é que tenho tantas que nem sei como escolher.

Bom, então e isso, espero que tenham gostado e pra quem nunca pensou muito em Roma, como eu, pense melhor. Porque agora posso dizer, a Itália é um país que pretendo voltar sempre que tiver a oportunidade.

ps: agradecimentos especiais ao meus modeletes e parceiros de viagem e a tia Dilma pela oportunidade e minha irmã Kássia – linda maravilhosa, brinks, haha – que montou meus looks da viagem.

Beeijo Beeijo

 

 

 

1

Últimos Looks